9 de setembro de 2009

Um minuto de silêncio

Uma das maiores tragédias da história do futebol teve como vítima o Manchester United. No dia 6 de fevereiro de 1958, o avião que levava a equipe de volta à Inglaterra caiu em Berlim, Alemanha, provocando a morte de oito jogadores da excelente equipe.

Os Red Devils voltavam de Belgrado após uma partida frente ao Estrela Vermelha, válida pela Taça dos Campeões. O empate por 3 a 3 deu a classificação à equipe inglesa, que havia vencido a primeira partida em casa. A equipe comandada por Matt Busby era uma das favoritas ao título daquela temporada e era formada por jovens talentos, apelidados de Buzby Babes.

Após a classificação, a equipe de Manchester foi recebida juntamente com os adversários no Hotel Majestic, em Belgrado, para um banquete de confraternização. O capitão dos Diabos Vermelhos, Roger Byrne, liderou a equipe no canto da canção "We’ll Meet Again" (Voltaremos a nos encontrar), revelando o clima amistoso criado entre as equipes.

O que o capitão não sabia era que o destino não permitiria esse reencontro para ele e alguns de seus colegas de time. Na noite de 6 de fevereiro de 58, a bordo de um modesto BEA Elizabethan G-ALZU movido a hélice, o United partiria em um voo de Belgrado para Manchester, com escala em Berlim. Após a escala em solo alemão, o avião da equipe inglesa tentou alçar voo mesmo com o mau tempo. Sobre Munique, um dos motores do avião perdeu potência, fazendo com que o piloto perdesse o controle e fizesse a aeronave bater em uma casa abandonada e em várias árvores.

Estava desenhado o desastre! Dos 42 passageiros, 21 morreram. Entre as vitimas, 8 jogadores: o capitão (do Manchester e da Seleção Inglesa) Byrne, Geoff Bent, Eddie Colman, Mark Jones, David Pegg, Tommy Taylor e Liam Whelan e o craque da equipe, Duncan Edwards. Morreram ainda o secretário-geral, Walter Crickmer, com dois membros da tripulação, oito jornalistas e mais dois passageiros.

Entre os sobreviventes estavam o treinador Busby (um dos mais feridos no acidente), que ficou 24 anos no comando da equipe, e um jogador especial: Bobby Chalton, um dos maiores atletas ingleses de todos os tempos, artilheiro máximo da história do United e da Seleção da Inglaterra.

Mesmo possuindo várias equipes fortes em sua história, a de 58 tem um lugar especial: um museu em Old Trafford. Lá, podem-se ver diversas homenagens aos craques que perderam a vida defendendo o Manchester United.

13 dias depois da tragédia, 60 mil foram ao Old Trafford assistir ao primeiro jogo após o desastre: com dois sobreviventes em campo os Red Devills bateram o Sheffield Wednesday por 3 a 0, pela FA Cup. Renascia aí uma esquadra campeã. Com força e caráter, Busby e Manchester United foram cicatrizando as feridas e, em 1968, com dois gols de Bobby Charlton, conquistaram Taça dos Campeões Europeus, que, para muitos, chegou com 11 anos de atraso.

Com lições como essa do Manchester United podemos perceber a força e beleza do esporte, que é capaz de dar ao homem uma chance de apagar as tristezas e conquistar suas glórias.

Mais informações em: Wikipédia, Campeões do Futebol, Manchester United Portugal

video

4 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Uma bela história. O Manchester sofreu um grande baque com o acidente mas conseguiu dar a volta por cima e retomar para ser hoje um dos grandes times do planeta.

Jessica Corais disse...

É minha primeira visita no blog, realmente uma bela história.

Uma das maiores tragédias do esporte mundial que ficará marcado para sempre.

Abraços, Jessica Corais

http://www.porjessicacorais.blogspot.com/

Net Esportes disse...

imagino o quão emocionante deve ter sido esse jogo que ocorreu após a tragédia com o estádio lotado ...........

Gostei muito do layout, André e Daniel estão de parabéns, torço pelo sucesso do blog .... um abraço.

André Vince disse...

Vinicius, concordo quando voce diz que o baque foi grande e o Manchester conseguiu dar a volta por cima, e nao so pelo que e hoje, mas na epoca mesmo ele ja deu sinais de forca logo apos a tragedia.

Jessica, agradeco essa primeira visita e espero que seja a primeira de muitas e que possa utilizar esse espaco para debater o futebol com a gente.
OBS: gostei do seu blog, com certeza entrarei mais vezes para saber mais sobre futebol.


Net Esportes, esse jogo deve mesmo ter sido emocionante, ainda mais com a presenca de dois sobreviventes no jogo. Realmente demais.
Obrigado pelo elogia e apareca sempre para acompanhar o futebol ingles e debater o futebol com a gente.