7 de agosto de 2010

Invejável equilíbrio

Ofuscado pela chegada de Chicharito, o zagueiro Chris Smalling também deve causar impacto em Old Trafford

Entre 2006 e 2008, o Manchester United gastou 101 milhões de libras somente com as aquisições de Berbatov, Hargreaves, Carrick, Nani e Anderson. Todos eles despertaram a cobiça de Alex Ferguson quando assumiram papéis importantes em seus clubes ou seleções. Esse perfil de contratações costuma equilibrar as noções de time promissor e equipe talhada ao sucesso imediato. Assim, despejando muito dinheiro, é bem verdade, o interminável manager cuidava do futuro sem se esquecer do presente. No entanto, o fracasso de algumas de suas capturas e os gastos exorbitantes provavelmente o fizeram repensar o método.

Com um elenco repleto de opções, Ferguson sabe que só precisa investir para reparar eventuais defeitos, provenientes de decepções ou perdas. As duas novas peças para esta temporada, Smalling e Hernández, seguem a lógica. As constantes lesões de Ferdinand e Vidic têm obrigado o escocês a escalar Evans (ainda não tão seguro como se previa), Brown ou mesmo De Laet na defesa central de forma mais frequente do que seria aceitável.

Ainda que tenha custado caro (potenciais 14 milhões de libras), o zagueiro Chris Smalling, ex-Fulham, parece representar um bom negócio para resolver o problema. Após passar por um período de testes no Chelsea em 2008, Smalling provou seu valor no Craven Cottage e na seleção sub-21 da Inglaterra. Aos 20 anos, mesmo que não tenha jogado regularmente no Fulham de Hodgson, ele certamente é uma das melhores apostas que Ferguson poderia fazer.

E se o assunto é aposta, Javier "Chicharito" Hernández tem de ser protagonista na conversa. Antes da Copa do Mundo, o United já havia fechado, por sete milhões de libras, o acordo com o Chivas pelo atacante mexicano. Como Ferguson já disse, os olheiros "pouparam vários milhões de libras" para o clube ao observarem e relatarem as grandes exibições de Hernández na distante Guadalajara. Mais do que isso, eles evitaram uma forte concorrência pelo valor de 22 anos.

Por mais que Javier Aguirre tenha tentado esconder o talento de Chicharito ao, incrivelmente, atribuir-lhe o papel de alternativa a Blanco e Guille Franco durante a Copa, seus dois gols na África do Sul seriam suficientes para criar uma ferrenha disputa pelo habilidoso centroavante. Lamentam o Chivas, que não conseguiu um grande negócio, e os rivais do United, que perderam boa chance de fazê-lo. Comemoram Ferguson e Celso Roth.

A versão de 2010-11 do Manchester United é melhor que a de 09-10 não apenas por conta de suas capturas. Os retornos também são importantes. Após o período de empréstimo ao Preston no terceiro quarto da temporada passada e um de estaleiro no último, Danny Welbeck está de volta. Convocado para a seleção sub-21 da Inglaterra, ele pode ser utilizado como left winger ou atacante. Possivelmente, Welbeck é um dos substitutos de Giggs a longo prazo.

Outro nome lembrado por Stuart Pearce foi o de Tom Cleverley. Técnico, ágil e habilidoso, ele está acostumado a atuar na meia central. Seus incríveis 11 gols em 33 partidas durante o empréstimo ao Watford na temporada passada lhe atribuem muitas credenciais. Um dos destaques da pré-temporada mancuniana, o "Iniesta inglês", de 20 anos, já pode, sim, ser bastante utilizado por Ferguson na rotação com Carrick, Fletcher, Scholes, Gibson e Anderson.

Pensando em cada posição, veremos que é difícil contestar a ideia de que o elenco está pronto para ser exigido ao extremo. Ainda assim, é possível identificar pequenos problemas. Por exemplo, Ferguson tem várias opções para a lateral direita, mas nenhuma delas é plenamente confiável. A solução pode ser o desenvolvimento defensivo de Rafael. A versatilidade de Brown, O'Shea e De Laet também pode auxiliar em momentos de desespero.

Ademais, a carência nas asas pós-Cristiano Ronaldo foi amenizada ao longo da temporada passada, por meio da impressionante e repentina evolução de Nani e da ambientação de Valencia a Old Trafford. Com Giggs a ficar mais velho, já está na hora de o treinador escocês estabilizar novos titulares nos setores. À frente, após duas temporadas, Berbatov realmente não entusiasma mais ninguém. Se a adaptação de Chicharito for rápida e Owen se mantiver saudável, a chance de o búlgaro (que pode até deixar o clube, dizem) virar alternativa aos dois não é desprezível.

Em suma, o Manchester United tem à disposição os recursos de que precisa para fazer uma temporada melhor do que a passada. Amanhã, na Community Shield contra o Chelsea, e nas primeiras rodadas da Premier League, o time não terá os contundidos Ferdinand e Anderson. Quanto a Hargreaves, novamente sem data prevista para o retorno, a preocupação é muito maior, uma vez que envolve uma carreira em risco.

Mesmo assim, o segundo clube com mais jogadores lesionados para começar a temporada ("perde" apenas para o Sunderland, com sete peças indisponíveis) deve largar muito bem. Não chega a ser favorito contra o Chelsea, mas é um dos claros candidatos a liderar a liga nas primeiras rodadas. Muito depende dos protagonistas da temporada passada: se Fletcher continuar mandando prender e soltar no meio-campo e Rooney se recuperar da horrorosa jornada na África e voltar a marcar gols em profusão, Ferguson e seus amigos devem disputar títulos em todos os níveis até os últimos dias da temporada.

Possível formação titular: van der Sar; Rafael, Vidic, Ferdinand, Evra; Valencia, Fletcher, Carrick, Nani; Rooney, Berbatov.

Imagem: Telegraph

3 comentários:

Dantas disse...

Me parece que Hernández tem um futuro ate melhor que Dos Santos e Vela, pelo menos é o que mostrou ate aqui, me corrija se estiver enganado mas ele marcou em todos os jogos que disputou ate agora ???
Acredito que Smalling é uma alternativa bem melhor que Evans, e penso que ele seja o sucessor de Ferdinand.
Outro que eu aposto nesta temporada é Valencia.

Daniel Leite disse...

Exato, Dantas. Chicharito marcou contra as estrelas da MLS, o Chivas, o combinado da liga irlandesa e o Chelsea.

Também acredito que Valencia fará grande temporada. Adaptado e bem à vontade, ele já indicou isso na Community Shield.

Abraço.

Rodrigo Carvalho disse...

DENÚNCIA>
Esquema de fraudes em exame da OAB tem o envolvimento da faculdade de ex presidente do Santos:

http://digaofutebol.blogspot.com/2010/08/denuncia-ex-presidente-do-santos-tenta.html

Marcelo Teixeira após saber da denúncia tentou intimidar o blogueiro PAulinho!


> BLOG Digão Futebol